Inquérito: confia em algum destes programas de debate futebolístico?

A promessa (ainda) não cumprida do CA da FPF: tornar público os relatórios dos árbitros



As injúrias estão a ter castigos mais pesados do que algumas agressões no futebol português. E algumas agressões estão mesmo a passar impunes, o que parece ridículo. As palavras são piores que os actos?

Por exemplo o caso Brahimi que foi castigo em 2 jogos pelas palavras quando estava no banco e ainda pela cabeçada que deu no jogador do Braga. É o cumulativo de 2 actos. Mas e as agressões que o árbitro não vê?

A importância de saber se há omissões graves nos relatórios

A última "invenção" de alguns media e comentadores - a existência de uma pseudo-aliança entre SCP e FCP



Afinal SCP e FCP decidiram unir-se por uma causa ou chegaram sozinhos à mesma conclusão sobre um determinado facto?

O caso da "cartilha encarnada" levou a que alguns media e comentadores inventassem a teoria de uma aliança entre FCP e SCP. Mas porquê a necessidade da "invenção" da tramóia?

O facto de diferentes clubes chegarem a uma mesma conclusão é porque há uma combinação por trás? Caso contrário é porque estão unidos? Não é plausível os 2 clubes constatarem o mesmo facto? É possível, só que há alguns que não pensam assim.

A teoria da perseguição: quem acha que há "cartilha encarnada" é porque está contra nós. Ou concordam connosco ou estão contra nós

Real Madrid vs Bayern: Ronaldo chega aos 100 golos e "cadê" o puto maravilha do Seixal?



Estive a assistir ao Real Madrid 4 - Bayern 2. Ainda estava com a esperança que o apelidado (por alguns) puto maravilha do Seixal, Renato Sanches, entrasse no jogo, mas não. Nem sequer foi convocado por Ancelotti. A propaganda dos jornais lusos que venderam capas de jornais não cola agora com a realidade. E a realidade é esta: Renato nem sequer é convocado.

É muito cómico ver depois os comentadores desportivos falarem na vitória do Real de Ronaldo, na vitória do Mónaco de Leonardo Jardim, Moutinho e Bernardo mas não falam na derrota do Bayern de ... Renato. Estas omissões dão sempre jeito para esconder factos inconvenientes. Mas aqui não esquecemos o passado e não temos problema em colocar a pergunta: "cadê" o puto maravilha do Seixal que fez tantas capas de jornais?

Ronaldo melhor que Raúl, Di Stéfano, ou Puskas

William ou Danilo? Setúbal 0-SCP 3 vs SCB 1-FCP 1



Nunca fui adepto do jogador Danilo. E ainda bem que não rumou para Alvalade. Bendito o dia em que o presidente do Marítimo recusou uma proposta dos leões e preferiu vendê-lo (mais barato?) aos dragões. É que com William no plantel o SCP não necessita de Danilo. William é um jogador mais completo. Não é rápido mas compensa com um melhor posicionamento defensivo na recuperação de bolas.

O jogo da mala existe no futebol português? Pergunta colocada num relato da TSF

No rescaldo após um jogo da 29ª jornada é debatido um tema pertinente. E é levantada uma questão que merece reflexão, uma vez que o campeonato aproxima-se do fim e os pontos valem ouro. Sem visar qualquer clube específico o relator faz a pergunta: "o jogo da mala existe no futebol português?"

video

Os media a procurarem transformar factos reais em virtuais (casos Samaris e vouchers); não sancionar a agressão de Samaris acarreta consequências no futuro

video

O gesto condenável de Samaris (Moreirense vs SLB 2016/17)

O murro no estômago de Samaris a um jogador do Moreirense constitui (mais) um triste acto de violência praticado num relvado português, neste caso em Moreira de Cónegos. Não se sabe se na base do acto está uma espécie de vingança pela eliminação da Taça da Liga, que acabou no final por ser conquistada pelo Moreirense. As próprias palavras de Jonas no final do jogo (ao desejar que o Moreirense desça de divisão) também reforçam essa teoria - a pequena vingança pela eliminação da Taça.

O mais grave ainda é que o acto ocorreu com o jogo parado e não em andamento, tal como a joelhada de um jogador do Canelas a um árbitro. Pode conferir uma situação premeditada de vingança. O grego aproveita o ajuntamento de jogadores para efectuar um golpe dissimulado no meio da confusão de modo a passar despercebido aos olhos do árbitro. Com vídeo-árbitro a situação seria prontamente castigada.

1 - a hipocrisia dos media: escamotear o acto ao tentar-se transformar um facto real em virtual

Depois do caso dos "vouchers", agora a "cartilha" encarnada - uma combinação perfeita (actualizado)

video

Janela aberta para a cartilha

A fazer fé naquilo que o Porto canal divulgou, ou seja a existência de uma "cartilha" encarnada dirigida a comentadores afectos ao SLB para estarem todos em sintonia, estamos perante algo que fere a ética desportiva. A frase de Pinto da Costa é mesmo verdade? Ou seja existem mesmo "papagaios avençados"? Isso não é contra a deontologia no jornalismo? Código deontológico do jornalista.

Da negação à contra-argumentação