Na Holanda o clube de futebol Twente desce de divisão pela ligação ao fundo Doyen



O histórico clube de futebol holandês Twente desceu de divisão por causa de ligações ao fundo Doyen Sports. Na Holanda a ligação de clubes de futebol a fundos de investimento é punida por lei.

Segundo a Federação Holandesa de Futebol (KNVB), o FC Twente foi relegado à segunda divisão por irregularidades na transferência de jogadores entre a Doyen Sports e o emblema holandês, numa altura em que os fundos já eram proibidos pela FIFA e pela própria KNVB. Para além disso foi obrigado a pagar uma multa de 200 mil € e é afastado das competições europeias para os próximos três anos.

Cláusulas ocultas

O portal Football Leaks desvendou uma série de documentos sobre os negócios estabelecidos entre o Twente e a Doyen. E terá sido isso que originou uma investigação por parte da KNVB para apurar responsabilidades. A KNVB concluiu que no ano 2014 o Twente e a Doyen fixaram um acordo com cláusulas não comunicadas oficialmente e que violavam os regulamentos. Estas cláusulas só se conheceram graças à divulgação pública dos documentos pela Football Leaks.

O Twente também não conseguiu cumprir com as exigências do plano de recuperação financeira e por isso foi relegado à segunda divisão holandesa. Em Portugal existe um programa semelhante chamado PER. A SAD do Vitória de Setúbal também solicitou um plano de revitalização financeira.

Face a este facto não se percebe a censura de comentadores desportivos e dos media que é feita ao presidente do Sporting CP que decidiu abrir uma batalha contra a Doyen na transferência de Rojo para o Manchester United. O presidente do Sporting alega que os interesses económicos do clube foram lesados no contrato celebrado com a Doyen e por isso decidiu não respeitar o estabelecido, tendo enviado uma exposição à FIFA.

É certo que Bruno de Carvalho corre o risco de perder o processo em tribunais portugueses mas não pode ser acusado de não ter tomado a iniciativa. Caso ganhe ficará com os louros e perderão todos os comentadores e media portugueses que gostam de censurar quem tenta remar contra a maré.




Sem comentários:

Enviar um comentário

NOTA: não serão aceites insultos, difamações e especulação propagandista. Comentários podem demorar um ou mais dias até serem validados e publicados.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...