Futebol leaks: astros do futebol investigados pelo fisco e justiça espanhola



Os primeiros casos

Primeiro surgiu o caso de Messi, que pagou o que devia ao fisco espanhol incluindo coimas, safando-se à prisão. Seguiram-se Mascherano e Xabi (todos do Barcelona). Depois foi a vez de Mourinho que também já pagou. Agora surgiram os casos de Neymar e Etoo que continuam a ser investigados pelo mesmo fisco espanhol.

Recentemente foram divulgados nos noticiários os nomes de Ricardo Carvalho, Radamel Falcão, CR7, Coentrão, e Pepe. Jorge Mendes é ou foi agente de alguns destes astros do futebol. O Expresso em parceria com o "Der Spiegel", o "El Mundo" e o "Sunday Times" através da European Investigation Collaborations, divulgou informação sobre o Futebol leaks. Aqui ficam alguns trechos:

"Esquemas de offshores de clientes de Jorge Mendes para não pagar impostos. Ronaldo investigado pelo fisco espanhol. Mourinho já pagou tudo.

Fisco espanhol investiga CR7 por não declarar rendimentos de direitos e imagem. 150 milhões desviados desde 2009 para offshores. Gestifute garante que está tudo em dia. Mas falta o desfecho do processo.

Mendes e os seus "bons amigos"

Porque é que eles se metem nisto? Para pagar menos impostos. A notícia não é nova e a história é sempre a mesma: utilização de offshores para ocultar património ou rendimentos...
Usaram o mesmo esquema: o dinheiro de contratos de patrocinadores vai para a Irlanda, onde os agentes retêm uma comissão sobre a qual pagam um imposto, e libertam o restante para offshores dos seus clientes. Nas Ilhas Virgens Britânicas.

O papel do agente Jorge Mendes é essencial em tudo nas suas vidas. Mendes e os seus amigos agentes. Estamos a falar de muitas estrelas mundiais, com um padrão: ganham muito dinheiro e passam por clubes espanhóis com quem negoceiam valores líquidos. Alguém trata dos brutos.
Dirão que é tudo legal. Pois será, mas o fisco espanhol suspeita que não"."

Uli Hoeness, presidente do Bayern, cumpriu a pena de prisão de 2 anos

Será que os contratos de publicidade entre CR7 e as marcas americanas estão em risco? Os EUA costumam ser muito rígidos nesta matéria. Na Alemanha o presidente do Bayern de Munique, Uli Hoeness, foi condenado à prisão por fuga ao fisco. Cumpriu a pena de 2 anos.

A Gestifute veio a público informar que está tudo em dia. Aguarde-se pelo desfecho deste caso. Até porque a nova lei de troca automática de informação fiscal entre países europeus e entre os EUA entrou em vigor. E dentro de uns anos será também obrigatória a divulgação de contas bancárias detidas em offshores, como as Ilhas Virgens Britânicas.

Notícias sobre o fisco e craques da bola:

Caso de Ricardo Carvalho
(link do Expresso)

Caso de Coentrão e Pepe
(link do Expresso)

Caso de Cristiano Ronaldo
(link do Expresso)

Caso Ozil
(link do Expresso)

Primeiras acusações:

"Justiça espanhola acusa Xabi, Di Maria e Ricardo Carvalho e investiga Coentrão e Falcão"
(link do Expresso)

CR7 pode ser condenado?

"Cristiano Ronaldo arrisca pena de seis anos de prisão, dizem fiscalistas espanhóis"
(link do Expresso)


Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...