Situação rara de se ouvir nos relatos desportivos - criticas a arbitragens



Os adeptos e dirigentes leoninos são constantemente ridicularizados pelos meios de comunicação por se queixarem constantemente de erros de arbitragens. Muitos gostam de alcunhá-los de calimeros. O objectivo parece ser descredibilizar argumentos através da procura de um consenso geral. Uma táctica ardilosa.

O que é a tática da construção de consensos gerais?

Ou seja se a opinião da maioria for uma então qualquer outra que seja distinta perde valor mesmo que seja verdadeira. Prevalece a maioria sobre a minoria. O objectivo dos consensos gerais não é procurar a verdade mas tentar legitimar uma opinião. É procurar fazer a opinião de muitos como se fosse a opinião de todos.

Desconstruindo os consensos gerais: a verdade acima de tudo

A verdade deveria ser sempre aquilo que interessa aos meios de comunicação social e não a opinião generalizada. Vou dar um exemplo de como a opinião generalizada pode ser traiçoeira. Por exemplo quando Galileu defendeu a tese que o Sol era o centro do universo e não a Terra foi acusado de heresia pela Igreja que defendia um consenso geral.

O problema é que o consenso geral estava enganado e Galileu do lado da verdade. Um indivíduo detinha a verdade científica contra os restantes milhares ou milhões de indivíduos que formavam a opinião geralizada. Basta que uma pessoa detenha a verdade para o consenso geral cair por terra.

Mas voltemos ao início. Foi "construída" a imagem de consenso geral mediático que os adeptos leoninos não têm razão para se queixarem das arbitragens e que o seu presidente é uma figura ridícula. É o que se lê aqui e ali. Dizem que os adeptos leoninos não têm o direito para se queixar das arbitragens. Pretende-se que ninguém leve muito a sério este assunto.

Quando se pode mostrar INDIGNAÇÃO com injustiças de erros de arbitragens?

Qual o meu espanto quanto estava eu a ouvir atentamente na TSF o relato Moreirense 1 - FC Porto 0, após o final do jogo, e um dos comentadores ousa dizer que os dragões foram prejudicados por erros das arbritagens em 3 jogos importantes: um na Taça contra Chaves, e outros na Taça da Liga contra Feirense e Moreirense.

É muito raro ouvir um comentador desportivo a identificar vários jogos com erros de arbitragens para justificar o insucesso de uma equipa numa ou mais provas. Muito raro mesmo.

Já muitos anos a ouvir a TSF e esta rádio nunca levou muito a sério as queixas dos leões, preferindo "fechar" os ouvidos. Pelo lado oposto, no comentário ao referido jogo entre Moreirense e FCP, o locutor decidiu não ignorar as análises (justas ou injustas) às recentes arbitragens nos jogos dos dragões. Foi preciso ver o FC Porto afastado em 2 provas consecutivas para ver uma língua afiada às arbitragens.

O que terá levado este comentador a invocar as arbitragens dos dragões? Sentiu-se injustiçado? Porque razão nunca fez o mesmo em jogos determinantes dos leões na presente época ou em outras anteriores nos últimos 30 anos? Em que condições se pode mostrar indignação face a erros de arbitragens?




Sem comentários:

Enviar um comentário

NOTA: não serão aceites insultos, difamações e especulação propagandista. A crítica fundamentada será bem vinda

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...